FutebolMG.Net – América perde pênalti, sofre gol nos últimos minutos e é derrotado em casa

Veja Isso e Muito Mais na FutebolMG.Net

Veja o Original na Gazeta Esportiva

América perdeu para o Atlético-GO (Foto: América)

Só deu América o jogo inteiro. Chances, oportunidades criadas, pênalti perdido no primeiro tempo. Mas o Atlético-GO foi mais eficaz e venceu, por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, em duelo disputado no Independência, válido pela Série B do Campeonato Brasileiro.

O América foi superior o jogo inteiro. A equipe, inclusive, perdeu um pênalti aos quatro minutos de jogo com Jonathas Belusso. Além disso, ficou o tempo inteiro atacando, sendo superior, enquanto o Atlético-GO se defendia. Mas em uma descida, aos 43 do segundo tempo, o clube goiano aproveitou uma das poucas chances que teve na partida e marcou o gol.

O resultado é péssimo para o América. O time de Felipe Conceição fica na última colocação, com apenas sete pontos anotados. Já o Atlético-GO subiu para o grupo dos quatro primeiros colocados, na quarta posição, com 21 pontos.

Na próxima rodada, o América vai até Campinas enfrentar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, às 20h30 (de Brasília), na próxima terça-feira. Já o Atlético-GO recebe o Operário, no mesmo dia e horário, em casa.

Primeiro tempo

Em situação crítica, o América entrou em campo querendo resolver logo a parada. Com isso, não demorou para o Coelho chegar a frente e agredir o adversário. Logo aos 4, o volante Juninho recebeu a bola na área e deu um leve toque, mas recebeu a pancada e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, no entanto, Jonatas Belusso telegrafou o que faria e o goleiro se esticou para fazer a defesa.

O América tentou seguir com a pressão, mas a fase ruim e um pênalti perdido no início do jogo desanimaram os americanos. O Atlético-GO passou a segurar a partida, trocar passes no meio campo, fazer o tempo passar.

Aos 23, o Coelho voltou a chegar com perigo. Belusso fez boa jogada, passou pelo zagueiro André Castro e bateu. A bola tirou tinta da trave do Atlético-GO. Dois minutos depois, Felipe Azevedo também fez bom lance e chutou, mas o goleiro defendeu. O América era muito superior no jogo, tinha mais capacidade e criatividade em campo e tinha Felipe Azevedo como referência da equipe.

Aos 30, Jonatas Belusso recebeu a bola na área e chutou forte. A bola tirou tinta da trave do Atlético-GO. Dois minutos depois, o centroavante teve outra chance e ficou muito perto de marcar o gol.

O jogo até este momento evidenciava o que o técnico Felipe Conceição falou durante a semana. A defesa foi arrumada agora seria o momento de criar oportunidades de gol e começar a vencer. O triunfo ainda não tinha sido conquistado, mas a luta por ele era grande.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o América tinha maior posse de bola, mas não conseguia fazer disso grandes oportunidades e, sobretudo, gols.

No entanto, na etapa complementar, o Coelho tinha Neto Berola em campo no lugar de Matheusinho. Uma mudança que deixava a equipe menos técnica, mas com uma grande opção de velocidade pelas pontas e uma criação interessante.

E surgiu dos pés de Neto Berolas as principais oportunidades da etapa complementar. A principal delas aos 30, quando o atleta driblou o zagueiro na ponta e invadiu a área. Na dúvida entre chutar e cruzar, ele esperou o goleiro chegar muito próximo e ficou em situação complicada, desperdiçando uma grande chance.

Enquanto isso, o Atlético-GO investia apenas nos contra-ataques. Mas a equipe não conseguia acertar os passes de ligação da defesa com o ataque e apenas se defendia durante o jogo.

Como a fase não é boa, o América sofreu um gol. Em uma das poucas jogadas de ataque do Atlético-GO que surtiu efeito, Jorginho recebeu a bola na área e, de cabeça, desviou do goleiro Jori para sair para comemorar.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA 0 X 1 ATLÉTICO-GO

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 26 de julho de 2019 (terça-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gomes do Amaral (RS)
Assistentes: Michael Stanislau (RS) e André da Silva Bitecourt (RS)

Cartões: Ricardo Silva, Matheusinho, Felipe Azevedo (América)
Gol: Jorginho, aos 43 do segundo tempo (Atlético-GO)

AMÉRICA – Jori, Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva, João Paulo, Zé Ricardo, Juninho, Willian Maranhão, Matheusinho (Neto Berola), Felipe Azevedo, Jonathas Belusso (Júnior Viçosa).
Técnico: Felipe Conceição.

AtléticoGO: Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Oliveira e Nicolas; André Castro, Moacir e Jorginho; Matheusinho (Héctor Bustamante), Pedro Raul e Mike (Jarro Pedroso)
Técnico: Wagner Lopes

Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »